Header Ads

Potó e Carocha invadem Patos e faz várias vítimas com ataques


São dois insetos incertos que merecem um cuidado especial da população por conta da epidemia e os ataques que são frequentes ao ser humano.

Eles costumam aparecer no período noturno, frio ou invernoso e estão sempre em lugares que haja muita luz, ambientes úmidos e com materiais orgânicos.

O Potó é mais nocivo à saúde humana, pois ao contrário do que muita gente imagina, ele não urina, apenas solta uma substância cáustica conhecida por “pederina” (toxina presente na hemolinfa de alguns pequenos besouros do gênero) ao se sentir ameaçado.

No corpo humano ele costuma escolher lugares quentes como as dobras do pescoço, antebraço, perna e axila e ao se sentir ameaçado libera imediatamente o líquido, provocando queimaduras terríveis nas pessoas.

A Carocha, também ao sentir ameaçada solta um líquido com um forte odor prejudicial à saúde humana, mas não se torna tão agressiva quanto o Potó.

Elas costumam aparecer em períodos chuvosos e por incrível que pareça, acaba provocando uma sensação de muita animação ao nordestino de que a região invadida terá um bom inverno.

Dependendo do lugar atingido, no caso do ataque provocado principalmente pelo Potó, não precisa entrar em pânico. O tratamento é feito em casa mesmo a base de pomadas antissépticas (dermatológicas), porém se o local afetado for, por exemplo, os olhos o paciente deve procurar imediatamente um médico.




Portal Patos 
Você também pode enviar informações à redação do portal p247.com.br pelo Whatsapp: 83 98116-3822 ou pelo e-mail: patoense.com@gmail.com

0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.