[Fechar]

Header Ads

Múcio Sátiro Filho tem liberdade concedida pelo Tribunal de Justiça da Paraíba


 
 
Desde o desencadeamento da Operação Cidade Luz, deflagrada pelo Ministério Público Estadual (MPE), no dia 02 de agosto e 2018, que revelou um esquema montado dentro da Prefeitura Municipal de Patos, o ex-chefe de Gabinete da Prefeitura, Múcio Sátiro Filho, mas conhecido por Mucinho, estava preso.

Mucinho foi preso em um primeiro momento na carceragem do 3º Batalhão de Polícia Militar (3º BPM) na cidade de Patos, porém, no dia seguinte foi transferido para a capital paraibana, João Pessoa.

Na manhã desta quarta-feira, dia 12, o pleno do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJ/PB), por maioria dos votos, ou seja, 12 a favor da soltura e apenas 06 contrários, concedeu a liberdade de Múcio Sátiro Filho. “No caso, não enxergo elementos para a continuidade da prisão. O agravante não oferece perigo à instrução criminal e nem à ordem econômica, como também, não ameaça testemunhas e tem endereço fixo”, disse o autor do pedido de vista Desembargador João Alves da Silva. Agora, o ex-chefe de gabinete irá responder ao processo em liberdade.

A Operação Cidade Luz também conseguiu o afastamento do prefeito Dinaldinho Wanderley (PSDB). Com a soltura de Múcio Sátiro Filho, os juristas acreditam no retorno do prefeito afastado ao cargo que agora está sendo ocupado interinamente por Bonifácio Rocha (PPS), vice-prefeito de Patos.
 
Patos Online