Kim fala em rever Trump, mas cobra fim de sanções - Diário Patoense - Tudo sobre notícias, esportes e entretenimento

Diário Patoense - Tudo sobre notícias, esportes e entretenimento

O PORTAL DE NOTÍCIAS DO SERTÃO DA PARAÍBA

PLANTÃO

Home Top Ad

Post Top Ad

Responsive Ads Here

janeiro 02, 2019

Kim fala em rever Trump, mas cobra fim de sanções


Em seu discurso de fim de ano, o líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, disse estar disposto a reencontrar o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, mas cobrou o fim das sanções impostas por pressão da Casa Branca.

Os dois se reuniram no último dia 12 de junho, em Singapura, e na ocasião se comprometeram de forma vaga com a “paz” e a “desnuclearização da Península Coreana”.

Segundo Kim, no entanto, a Coreia do Norte mudará de rota se os EUA “continuarem a quebrar suas promessas e a maltratar” a “paciência” do país, “pedindo certas coisas unilateralmente e seguindo em frente com sanções e pressões”.

Trump exige de Pyongyang a entrega de seu arsenal nuclear, enquanto Kim quer a saída das forças americanas da Coreia do Sul. O líder também cobrou o fim dos exercícios militares entre Seul e Washington.

O último discurso de Kim em 2017 deu início à reaproximação com o Sul, quando ele desejou boa sorte na realização dos Jogos Olímpicos de Inverno de PyeongChang, em fevereiro de 2018.

Terra

Post Bottom Ad

Responsive Ads Here