Header Ads

Vivendo em santuário, ursa Marsha tem sinais de melhora e inicia troca de pelos


A ursa Marsha, agora batizada como Rowena, vem apresentando sinais de melhora após quase cinco meses da sua transferência do Zoobotânico de Teresina para o Rancho dos Gnomos, santuário localizado em Joanópolis (SP).

Um dos sinais importante é a troca de pelos do animal, iniciado nos últimos dias. 

"A Rowena chegou aqui com um monte de nós nos pelos que também causavam problemas de pele. Tinha um cheiro muito forte e não tinha pelo em parte do rosto. Já conseguimos ver uma nova camada nascendo em meio aos pelos caindo", comentou ao G1 Silvia Pompeu, fundadora do santuário que hoje abriga a ursa.

O animal está ainda mais dócil e com melhor nutrição. Ainda segundo os criadores, em um ano a mudança no comportamento e na saúde da ursa será completo, afirma Silvia.

Rowena viveu 25 anos em um circo e foi resgatada com outros dois ursos. Após sete anos vivendo no zoobotânico de Teresina, uma campanha nas redes sociais mobilizou ativistas na tentativa de tirar o animal do Piauí, onde tinha de enfrentar altas temperaturas durante todo o ano.

Um longo conflito se seguiu até que especialistas recomendaram a transferência e atestaram a segurança da mudança de local. O transporte demandou uma mega estrutura, incluindo o acionamento de um avião da FAB para levá-la a São Paulo.

Fonte: 180 Graus
0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.