Mãe aguarda há quase quatro meses liberação do Nomol de Patos para sepultar corpo de filho - DIÁRIO PATOENSE - Tudo sobre notícias, esportes e entretenimento da Morada do Sol

Mãe aguarda há quase quatro meses liberação do Nomol de Patos para sepultar corpo de filho


Cleide Karina, residente na cidade de Catingueira, no Sertão do estado da Paraíba, usou as redes sociais para pedir a liberação do corpo do filho morto em acidente há mais de três meses. Cleiton silva de Maria e três amigos foram vítimas de um grave acidente na madrugada do dia 02 de dezembro de 2018 quando o veículo que eles viajavam colidiu em um caminhão entre as cidades de Catingueira e Emas. No acidente o veículo pegou fogo e todos do carro morreram carbonizados.

Após o sinistro os corpos de Gilbamar Gomes, Diego Davi, Eduardo Pereira e Cleiton Silva foram encaminhados para o Núcleo de Medicina e Odontologia Legal (Numol) na cidade de Patos. Os corpos de Diego e Eduardo foram reconhecidos pelos familiares, porém, Cleiton Silva e Gilbamar Gomes tiveram os corpos irreconhecíveis e a família teve que se submeter há um teste de DNA para identificação dos corpos.

Segundo Cleide, mãe de Cleiton Silva, o Numol deu um prazo de até 90 dias para a liberação do corpo para que a família fizesse o sepultamento, porém, segunda ela já se passou o prazo e os corpos de Cleiton e Gilbamar ainda não foram liberadas. A família de  Gilbamar também espera a liberação do corpo para o sepultamento.

“Desde o dia 02 de dezembro de 2018 não sei o que é dormir tranquila pensando todos os dias em pelo menos dar um enterro digno ao meu filho, mas infelizmente os corpos ainda não foram liberados e não temos resposta. Com isso a dor só aumenta cada dia, por isso eu peço, eu imploro, até pelo amor de Deus, já que não posso ter mais meu filho comigo, quero fazer pelo menos um enterro para aliviar a dor”, lamentou.

Desesperada, Cleide Karina divulgou um desabafo em sua rede social pedindo ajuda. Leia.


A acidente

O trágico acidente aconteceu no dia 03 de dezembro de 2018, por volta de 01 hora da madrugada na BR-361, a cerca de 4 km’s do centro de Catingueira. No total, cinco pessoas morreram.

Quatro jovens se dirigiam da cidade de Emas até Catingueira em um carro. O motorista do veículo, o professor Gilbamar Gomes, colidiu de frente com um caminhão ao tentar desviar de um jumento que estava morto na pista. Com a colisão, o carro se incendiou e todos os ocupantes morreram carbonizados. Outro jovem vinha em uma motocicleta logo atrás do veículo também se envolveu no acidente. Willian Lucena foi socorrido com vida e encaminhado até o hospital regional de Patos, mas não resistiu e faleceu dia 07 de dezembro.
Mãe aguarda há quase quatro meses liberação do Nomol de Patos para sepultar corpo de filho Mãe aguarda há quase quatro meses liberação do Nomol de Patos para sepultar corpo de filho Reviewed by Redação on 10:41:00 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.